Saiba como a gestão de riscos trabalhistas pode ajudar seu negócio

A velha máxima “prevenir é melhor do que remediar” está mais atual do que nunca no contexto empresarial. Se antes a gestão de riscos trabalhistas era pouco discutida ou mesmo conhecida, hoje em dia já foi até tema de reforma das leis do trabalho no congresso brasileiro. A complexidade da legislação e dos trâmites que envolvem contratações, demissões e administração de recursos humanos nas empresas exige conhecimento e tempo para se dedicar ao assunto.

Veja alguns riscos trabalhistas na gestão de pessoas

Existem algumas situações que, em maior ou menor grau, envolvem riscos trabalhistas na gestão de pessoas. Entre elas, podemos citar a concessão de vale transporte; cumprimento de intervalo na jornada de trabalho para alimentação; jornada de trabalho máxima e pagamento de horas extras; intervalo obrigatório entre jornadas de trabalho; pagamento de adicionais noturno e de periculosidade; desvios de função; entre outras.

Implantando a gestão de risco passivo trabalhista

A gestão de risco passivo trabalhista envolve a criação e a implantação de políticas internas para a melhor administração dos recursos humanos, com o objetivo de reduzir ao máximo não apenas o número de reclamações trabalhistas, como também o passivo trabalhista dessas ações. A gestão de riscos trabalhistas é extremamente importante para uma gestão mais assertiva e eficiente das empresas, evitando perdas ou prejuízo financeiro.

A implantação de um programa de gestão de riscos trabalhistas em uma empresa exige o estudo das rotinas, dos processos e serviços executados por seus profissionais e a determinação do potencial de geração de demandas trabalhistas e/ou multas. Para auxiliar nesse processo, pesquisas de satisfação junto aos colaboradores são importantes instrumentos para avaliar a situação atual do negócio. A partir daí, é possível desenhar o organograma com indicação de pontos críticos e determinação de ações com metas e prazos para ajustes necessários.

Importância da prevenção de riscos trabalhistas

O empresário deve entender que a prevenção de riscos trabalhistas é uma prática que não traz resultados imediatos, porém, permite a estabilidade e até o crescimento da empresa no futuro. Com uma readequação do ambiente de trabalho e dos processos de gestão de recursos humanos, aliado a treinamento constante dos gestores, certamente haverá melhora do clima organizacional, redução de passivo trabalhista e, consequentemente, de gastos desnecessários com pagamento de multas e processos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *