COACHING

Você gostaria de saber um pouco sobre coaching?

A palavra coach é anglo-saxônica, porém de origem húngara, por ter sido usada pela primeira vez na vila de Kócs, Hungria, para designar carruagem de quatro rodas utilizada pela realeza. O termo também provém da antiga palavra francesa “coche” conhecido como transporte de passageiros. O transporte foi utilizado na Inglaterra, na metade do século XVI, e na Europa, no século XVIII, onde ganhou popularidade.

Os alunos nobres de origem inglesa utilizavam as carruagens para ir para as aulas. As carruagens eram conduzidas por um coacher (cocheiro). E foi a partir daí que surgiu a metáfora, da mesma maneira que as carruagens levavam as pessoas aos diversos lugares, o coach era a forma como se chamava o tutor que conduzia outras pessoas pelos diversos campos do conhecimento. O termo, portanto, torna-se gíria universitária para denominar “tutor particular”, aquele que prepara o aluno para uma matéria específica.

Coaching

É o processo ou método que engloba um conjunto de técnicas, ferramentas e recursos de diversas ciências, tais como: a Psicologia, a Sociologia e a Neurociência, com o propósito de provocar mudanças positivas e duradouras nas pessoas, auxiliando-as no aumento da autoconfiança, na quebra de padrões comportamentais e na superação de bloqueios para atingir o potencial máximo e o alcance de metas.

Coach

É o profissional que atua como um estimulador externo, que desperta o potencial interno de ou­tras pessoas, usando uma combinação de flexibilidade, insight, perseverança, estratégias e ferramentas pau­tadas em uma metodologia de eficácia comprovada.

Coachee

É o cliente que revela seu “estado atual” e aonde ele pretende chegar. Ou “estado futuro”, o resultado que ele pretende atingir.

Fonte: Menthes-Web Aula

No processo de coaching, o coach auxilia o coachee na elaboração de um plano de ação e no desdobramento das metas, ajudando-o a manter o foco, e não desanimar diante das dificuldades para al­cançar seus objetivos.

Infelizmente, atualmente temos presenciado no mercado, uma avalanche de profissionais se autodenominando coach, sem o estudo, a experiência, e a certificação necessária para atuar como coach.

Existem excelentes escolas que trabalham na formação de coach, cujo investimento é razoável e acessível. Portanto, antes de contratar um processo de coaching, é importante fazer uma boa pesquisa para saber a procedência do profissional.

Marciléia Gorgônio Reis Criscuolo é técnica em contabilidade, formada em economia, com MBA em gestão empresarial, e participa do time da empresa há 37 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *