REPATRIAÇÃO DE RECURSOS

O prazo está chegando ao fim, e pouco se sabe…

Em 31/10/2016 estará esgotado o prazo para regularização de recursos mantidos fora do país. Espera-se arrecadar entre R$ 80 a R$ 120 bilhões aos cofres da União somente neste ano.

Advogados de todo o país se mobilizaram para atender essa grande demanda. Percebe-se que este processo acabou virando trabalho para advogados, e que além dos ajustes na declaração, alguns profissionais acabaram defendendo seus clientes em caso de questionamento dos recursos dos declarados.

As dúvidas são grandes sobre a adesão ou não ao regime. Afinal, quem mantinha recursos fora do país, mantinha também motivação para isso. E agora? Qual a justificativa para trazer o dinheiro de volta?

Os bancos do exterior irão informar aos bancos brasileiros sobre os valores mantidos fora do país?  Haverá conferência de valores? O prazo de regularização será prorrogado?

Estas são apenas algumas dúvidas que o contribuinte brasileiro possui…

Este vídeo de 08 de agosto de 2016 explica um pouco também sobre a insegurança que essa nova lei está gerando:

 

Marciléia Gorgônio Reis Criscuolo é técnica em contabilidade, formada em economia, com MBA em gestão empresarial, e participa do time da empresa há 36 anos.

http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2015-2018/2016/Lei/L13254.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *