Qual a importância da análise de viabilidade financeira?

A primeira coisa a fazer é separar o que é análise de viabilidade financeira e análise de viabilidade econômica. Embora para muitos pareça a mesma coisa, são variáveis complementares, porém diferentes.

A análise de viabilidade econômica é a leitura do impacto que um novo elemento terá no sentido de produzir riquezas para os investidores. Basicamente, a viabilidade econômica confronta previsão de entradas e saídas de caixa a partir da ativação do negócio.

Para ficar mais claro, imagine que você vai construir um shopping center. Como saber se ele é viável economicamente? Você fará um estudo profundo, capaz de oferecer coordenadas acerca do faturamento do negócio com o aluguel das lojas. Ao mesmo tempo, precisaria fazer uma estimativa de qual seria o custo de manutenção do empreendimento.

Para fazer um bom resumo, o estudo de viabilidade econômica tem como objeto conhecer o potencial de geração de lucro anual para os investidores, seja em decorrência da construção de um shopping, seja da compra de um novo equipamento para a indústria.

O que é análise de viabilidade financeira?

Já a análise de viabilidade financeira é um pouco mais complexa e precisa do estudo de viabilidade econômica para fazer sentido. Ela precisa mostrar:

  • qual o potencial de lucro anual do negócio?
  • qual o volume necessário de recursos para financiar o projeto?
  • qual o prazo para a recuperação do investimento?

Conseguindo responder a essas questões, o gestor do projeto poderá concluir ou não pela sua viabilidade do ponto de vista financeiro.

É possível, por exemplo, que o projeto se mostre lucrativo, que tenha desempenho econômico positivo, mas o prazo para recuperar o investimento seja muito alto e se torne desinteressante para os investidores.

Ao mesmo tempo, a demanda por investimento é maior que a capacidade de investir, o que envolveria possíveis empréstimos bancários, que teriam que entrar na conta, já que impactariam no caixa da empresa.

Além disso, é preciso também avaliar a necessidade de recursos para movimentar a empresa em seus primeiros passos. É preciso capital de giro. Não incluir esse item na análise de viabilidade financeira é um risco, que pode comprometer a saúde do empreendimento já na linha de largada.

Como fazer a análise de viabilidade financeira?

A análise de viabilidade financeira combina operações matemáticas simples e matemática financeira, caso do cálculo do VPL (Valor Presente Líquido) do TIR (Taxa Interna de Retorno) e o Payback.

Esses três indicadores mostram a expectativa de lucro sobre o investimento, a expectativa de lucro obtida, trazida a valor presente, e em quanto tempo os investidores recuperarão o capital investido.

Para se chegar a esses indicadores, que demonstram se o projeto é viável, é preciso obter uma projeção fidedigna de todas as entradas e saídas financeiras. Para isso, é preciso calcular a estimativa de:

  • receitas;
  • custos, despesas e investimentos (quanto custa executar o projeto, qual o investimento necessário e as despesas para funcionamento e continuidade do mesmo);
  • fluxo de caixa.

De uma forma resumida, essa é a análise de viabilidade financeira, essencial sempre que sua empresa for fazer qualquer tipo de investimento.

Contrate a São Vicente Contabilidade para fazer seu estudo de viabilidade financeira e encare novos projetos com maior segurança.

Quer se aprofundar mais no tema? Sugerimos, então, que você assista a este vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *