Contabilidade de empresa de grande porte: cuidados e exigências!

A contabilidade é fundamental para qualquer tipo de empresa, independentemente de seu porte. Contudo, existem aspectos contábeis, cuidados e exigências diferentes de acordo com o tamanho de cada negócio. Nesse artigo, vamos abordar as especificidades da contabilidade de empresa de grande porte que são de suma importância para sua operação.

O que é empresa de grande porte?

De forma geral, uma empresa de grande porte se diferencia pelo seu faturamento, por essa razão, recebe distintas obrigações dos governos.

De acordo com a Lei N° 11.638 de 28 de dezembro de 2007, uma empresa de grande porte tem os seguintes atributos:

  • Ativo total superior a R$ 240 milhões no exercício social anterior;
  • Ou receita bruta (anual) superior a R$ 300 milhões.

Dessa maneira, ela pode ser uma sociedade ou até mesmo um conjunto de sociedades, que possua controle comum nas condições acima.

O faturamento é quex determina se uma empresa é de grande porte e não sua forma jurídica, isto é, S.A. Ltda., entre outras.

Cuidados na contabilidade de empresa de grande porte

Uma grande empresa é obrigada a fazer publicações das suas demonstrações contábeis. Além disso, seus aspectos contábeis estão relacionados com o CPC (Comitê de Pronunciamentos Contábeis).

Empresas de grande porte recebem o uso do CPC diferente quando comparado às MPEs (Micro e pequenas Empresas). Dessa forma, é aplicado o CPC pleno, ou também conhecido como integral.

Existem aproximadamente 47 CPCs (Pronunciamentos Técnicos) emitidos, além de orientações e interpretações técnicas. Sendo assim, a contabilidade de empresa de grande porte exige por lei, em alguns casos por órgãos reguladores, a usar o conjunto completo de CPC.

Um outro ponto de atenção, no caso das grandes companhias é a necessidade de capitalização dos custos referentes aos empréstimos. Isso quando eles são associados diretamente a aquisição, construção, bem como, a produção de um ativo que seja qualificado.

Já nos casos de empréstimos que estão ligados a outras finalidades, eles devem ser considerados como despesas.

Na contabilidade de grande empresa, por exemplo, os ativos intangíveis que possuem vida útil indefinida não precisam passar por amortização. Porém, sugere-se testar os ativos por meio de Impairment.

Este teste de verificação de desvalorização dos ativos da instituição, deve ser feito uma vez ao ano, mesmo que os ativos não apresentem perda de valor.

Sistemas tecnológicos para contabilidade de grande empresa

Devido à complexidade da contabilidade de grande empresa, do alto volume de dados e informações, datas de obrigações, dentre outras demandas, é essencial que gestão contábil seja automatizada.

Existem uma série de programas que tornam essa tarefa mais segura e assertiva, como tecnologias em nuvem, robotização, Inteligência Artificial, etc.

Outsourcing contábil para grande empresa

Para tornar seu dia-a-dia mais simples e evitar problemas com o Fisco, você e sua empresa precisam de um parceiro na gestão da contabilidade do seu negócio. A São Vicente Contabilidade é a solução ideal para cuidar dessa área.

Com grande experiência no ramo, nosso escritório é especializado em sistemas tecnológicos de referência como Sinc, Microsiga, SAC, Contmatic, Protheus e TOTVS.

Para saber mais sobre nosso trabalho, fale conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *